• 10
    dez
    2010
  • Postado por
  • Postado em
    Mensagens
  • Discussão
    1 comentário em Soneto de BOM DIA

Soneto de BOM DIA

97

Um dia que começa,
E como a luz que dispersa o sono,
Ou as vozes que te esquecem os sonhos,
No momento em que a consciência desperta!

A felicidade que se deseja,
É o combustível para amizades sinceras,
Daquelas que nunca desistes ou renegas,
Seja lá onde quer que o amigo esteja!

Feliz dia para quem é vivo e desperto!
E, amor para aqueles que no peito arde,
O sentimento forte, quente e irrequieto.

Mesmo para aquele distante ou que agora parte,
Desejo o melhor dos dias, por certo,
E o amor profundo que no peito dos loucos bate!

Jorge Alberto Neves*

Faça um comentário

Sempre Alegria - © 2014. Todos os direitos reservados.
by Anna Rebello