• 17
    fev
    2010
  • Postado por
  • Postado em
    Quem sou eu?
  • Discussão
    1 comentário em QUARESMA

QUARESMA

!cid_5A9E0207DE834100BAE6F9BB849EBED3@COMUNIC03

Depois da alegria ou euforia das festas e férias, chegamos a um tempo
de mais tranqüilidade, reconsideração, oração, penitência e caridade.
Para o mundo cristão, Quaresma é tempo de repensarmos nossa vida
e nosso relacionamento com Deus e com o próximo.
É um dever natural de gratidão para com o Criador e respeito pela vida,
buscarmos a paz e darmos mais atenção ao resumo dos mandamentos:
“Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos.”
+ + +
O Mistério Litúrgico
Tempo privilegiado de conversão, de combate espiritual, de jejum medicinal e caritativo, a Quaresma ainda é,
e sobretudo tempo de escuta da palavra de Deus, de uma catequese mais aprofundada, que recorda aos cristãos
os grandes temas batismais, em preparação para a Páscoa.
No Tempo da Quaresma o povo de Deus empreende um esforço exigente, porém libertador, que deve abri-lo ao chamado do Senhor
e da comunidade cristã. Privando-se do alimento terreno, nas múltiplas formas que se lhe apresentam, aprenderá saborear,
acima de tudo, o Pão da Palavra de Deus e da Eucaristia, e melhor sentirá o dever de dividir os bens com os outros.
O concílio Vaticano II recomenda: “a penitência quaresma não seja só interna e individual, mas sobretudo externa e social.
E a prática penitencial, segundo as possibilidades de nosso tempo e das diversas regiões, como também,
consoante as condições dos fiéis, incentivada e… recomendada” (SC 110)
Celebrar a Eucaristia, no tempo da Quaresma significa:
– percorrer, juntamente com Cristo, o itinerário da provação que pertence à Igreja e a cada homem;
– assumir mais decididamente a obediência filial ao Pai e ao dom de si aos irmãos, que constituem o sacrifício espiritual.
Assim, renovando os compromissos do nosso Batismo, na noite pascal, poderemos “fazer a passagem”
para a vida nova de Jesus-Senhor Ressuscitado, para a Glória do Pai, na unidade do Espírito.
+ + +
1- O Tempo de Quaresma vai da quarta-feira de cinzas até a Missa “na Ceia do Senhor”, exclusive.
Essa Missa vespertina dá início ao Tríduo da Paixão, morte e Ressurreição do Senhor, que tem
seu ponto alto na Vigília Pascal e termina com as Vésperas do Domingo da Ressurreição.
A semana que precede a Páscoa tem o nome de Semana Santa e tem início com o Domingo de Ramos.
2- A Quaresma principia com um rito penitencial, na Quarta feira de Cinzas.
O rito da bênção e imposição das cinzas não é necessariamente unido à Missa; pode ser celebrado sem esta
Fonte: Missal cotidiano – Paulus edições – página 160
+ + +
Sua Comunidade de Fé tem uma programação especial e espera por você!

IR ZULEIDES    DE  ANDRADE

Faça um comentário

Sempre Alegria - © 2014. Todos os direitos reservados.
by Anna Rebello